top of page

Polícia Militar de Palmeira encaminha homem até Delegacia por porte ilegal de arma de fogo

Uma ocorrência de porte ilegal de arma de fogo foi registrada aos 00h15 desta sexta-feira (22) na rodovia BR 277 nas proximidades da Vaca Morta

A equipe de choque realizava patrulhamento nas no km 179 da rodovia devido a incidência de roubos de carga e roubos à postos de combustível na região.


Durante o patrulhamento foi possível visualizar um veículo Fiat Argo estacionado em local próximo à entrada de uma propriedade rural às margens da rodovia.

A equipe realizou abordagem ao condutor do veículo, o qual relatou que estava fazendo a segurança da carga de um caminhão que estava tombado a aproximadamente 50 metros do local.

Perguntado se havia algum ilícito no veículo, o mesmo informou que havia uma pistola. Em busca no veículo foi possível localizar a pistola, marca Taurus, cal 9mm, carregada e municiada com um carregador (totalizando 13 munições), localizada entre os bancos do motorista e do passageiro, acondicionada em um coldre.

De acordo com a equipe de Policiais o homem informou que possuía a documentação pertinente à posse do armamento, apresentando uma guia de tráfego e uma cópia do certificado de registro da arma, porém na guia de tráfego, consta que a finalidade é para tiro desportivo, e não para a finalidade de serviços de segurança, conforme informada por ele.

Segundo o homem abordado relatou para Polícia que ele presta serviços para uma empresa reguladora de sinistros de Minas Gerais, a qual presta serviços a várias seguradoras.

Diante do fato, foram informados os direitos constitucionais ao indivíduo e foi encaminhado à Delegacia de Palmeira para procedimentos.

Kleber Gross com informações da Polícia Militar


1 Comment


Sula Melo
Sula Melo
Mar 24

Vamos esclarecer os fatos, já que aqui nesta reportagem não foi pontuado com clareza o ocorrido de fato!

O abordado como foi citado por ele mesmo na abordagem, estava trabalhando em REALMENTE GUARDAR A CARGA (como foi citado “A equipe de choque realizava patrulhamento nas proximidades do km 179, devido a incidência de roubos de carga e roubos à postos de combustível.” )

Aparentemente, em vez do pratulhamento estar sendo focalizado para possíveis roubos e criminoso, vemos mais uma vez um grande despreparo e distorção de fatos, onde um Pai de Família trabalhador foi conduzido de forma injusta algemado por baixos das pernas, qual não teve relutância para medidas incabíveis como essa! Pois quem não deve não teme, e como…

Like
bottom of page