top of page

Polícia Militar alerta para possíveis golpes em Palmeira

Atualizado: 19 de ago. de 2020



Um Homem compareceu na sede da Polícia Militar de Palmeira, relatando que no dia de (17/08/2020) por volta das 16h10min recebeu uma

ligação telefônica em seu número fixo de um suposto

atendente bancário, informando duas compras via cartão, uma

delas às 15h28min no valor de R$1399,99 e a outra às

15h46min, no valor de R$1000,00, onde informou que as

compras teriam sido realizadas no estado de Minas Gerais.


Durante a conversa, o referido atendente supôs ter transferido

a ligação para o gerente da agência do Banco do Brasil de

Palmeira, qual repassou a possível vitima a informação de que

para haver o cancelamento das compras indevidas, e para que

pudesse haver investigação por parte de órgãos competentes,

o solicitante deveria seguir suas orientações e fazer o

solicitado.

Este senhor fez com base na orientação telefônica

deste gerente, uma carta de cunho próprio, onde autorizou a

entrega do cartão bancário. Nesta carta continha assinatura

nítida e expressa, fato este que gerou preocupação do

solicitante e familiares quanto a fraudes relacionadas a

contenção e disseminação de dados pessoais e assinaturas.

Após a ligação o suposto gerente informou que o office boy

chegaria até a sua residência para recolher a carta de

autorização juntamente com o cartão bancário. Por volta de

18h10min, compareceu na residência do solicitante o referido

office boy dizendo se chamar A. L., masculino moreno claro de

aproximadamente 1,80, porte entroncado, cabelo preto e curto,

sem barba, trajando calça jeans, camisa social verde musgo e

jaqueta preta com detalhes vermelhos nas mangas, qual

tentou comprovar a sua identificação com um RG que

continha numeração ilegível, (fato que gerou suspeição por

parte do solicitante e sua esposa). Fica o registro de que foi

entregue a carta ao suposto office boy, porém por achar

estranho e por não haver confiança o senhor não entregou o seu cartão bancário, já que após perceber que no envelope

entregue, tinha somente a carta e não o cartão, o tal gerente

realizou nova ligação em tom obrigatório solicitando a entrega.

Após o fato o casal de idosos suspeitaram ter sido vítimas

tentadas de estelionato, entrando depois desta última ligação

em contato com a polícia militar de palmeira para

procedimentos, qual fez a coleta de informações do ocorrido

repassando para as equipes que realizaram patrulhamento

pelas adjacências com base nas características repassadas,

porém até o presente momento, não houve êxito na

localização do referido suspeito.



Comments


bottom of page