top of page

Colégio Agrícola Getúlio Vargas completa 80 anos em Palmeira




Publicidade

O Colégio Agrícola Getúlio Vargas de Palmeira completou 80 anos de existência no município na última segunda feira (19).

Confira a história da instituição onde o historiador e escritor em Palmeira Rogério Lima divulgou em seu Blog em 2016.


Foto/Divulgação Colégio Agrícola

Em 1939, o governador do Estado, Manoel Ribas, adquiriu um terreno em nossa cidade, e ali mandou construir um colégio o qual foi Inaugurado em 19 de abril de 1941. O colégio localiza-se em Palmeira, na região dos Campos Gerais, dista 70 quilômetros de Curitiba e 40 quilômetros de Ponta Grossa, estando às margens da PR 151 - Rodovia João Chede - Km 02, alto do Cascavel.

Teve como seu primeiro diretor José do Carmo Guimarães Marques Ferreira, ali funcionou um reformatório, o qual abrigou 120 alunos de muitas cidades do Paraná, todos eles com problemas de disciplina, alunos de rua completamente abandonados, enfim, órfãos. O próprio governador pagava os estudos daqueles alunos e funcionários. Muitos dali fugiram ou foram expulsos.

Ao lado do colégio havia um pequeno carreiro, onde transitavam carroções puxados por bois e mulas, os quais levavam cargas para Ponta Grossa e muitas das vezes, quando chovia, ali naquele colégio eles paravam para pernoitar e descansar.

Mais tarde assume a direção Walteno de Oliveira Vianna e em 1944 o colégio passa a ser Escola Rural, já com aulas práticas e Otávio Mendes, que era aluno já há tempo, pelo seu bom comportamento foi nomeado funcionário definitivo do colégio.

Passados 72 anos, hoje o colégio abriga centenas de alunos de várias cidades do Paraná, Mato Grosso e alguns do exterior também. É considerado um dos melhores colégios do Estado do Paraná. Além de oferecer aulas práticas de plantio direto, caprino e suíno, oferece também cursos de Ensino Fundamental – 8ª série, Técnico Agropecuário (Ensino médio e pós-médio), Técnico em Agroecologia (Médio), Técnico em Turismo (Guia Regional - Embratur).

Com verba do Estado, passou por uma completa reforma, e possui 10 salas de aula, vários setores sendo: pedagógico, secretaria, financeiro, internato, patrimônio e material, cooperativa, produção e prestação de serviços, 3 laboratórios de Informática com mais de 70 microcomputadores interligados a rede wireless, uma belíssima cancha de esportes, máquinas agrícolas, ônibus e caminhões, todos em perfeito estado de funcionamento. O colégio possui mais dois belíssimos prédios construídos recentemente e um prédio especial somente para abrigar alunas do estabelecimento. Desenvolve hoje o projeto Programa de Irrigação Noturna (PIN) e qualidade do leite. O principal projeto hoje é a agroindústria, com verbas do governo federal, através do Brasil Profissionalizado. Alguns alunos do colégio já fizeram estágio nos Estados Unidos.

Todo final de ano, várias empresas ali comparecem para realizar palestras e entrevistas com alunos do estabelecimento e, muitas vezes, alunos são contratados por estas grandes empresas.

A cada dois anos, ali se reúnem ex-granjeiros de todos os estados do Brasil e do exterior, para festa de confraternização".




Foto/Divulgação Colégio Agrícola

Comments


bottom of page